Dom Walmor preside Santa Missa pelos comunicadores direto do Santuário Nossa Senhora da Piedade (MG), neste domingo

No próximo domingo, 24 de maio, a Igreja celebra a solenidade da Ascensão do Senhor, que é a subida de Jesus ao céu 40 dias após sua ressurreição. Nesta data, a Igreja celebra o 54º Dia Mundial das Comunicações, que este ano tem como tema: «“Para que possas contar e fixar na memória” (Ex 10, 2). A vida faz-se história »”. Em ação de graças pelos comunicadores, o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, preside missa às 15h, no Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, que fica em Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG).

Foto: arquidiocese BH. Arquivo

Concelebram a Missa o bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Mol, e os sacerdotes servidores do Santuário: padres Wellington Santos, Wagner Calegário e Carlos Antônio da Silva.

Segundo a Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB, a Ascensão do Senhor conclui a presença de Cristo no contexto histórico e inaugura a história da Igreja, ou seja, é a conclusão da missão do Senhor na terra e o início da missão dos Apóstolos para que levem o anúncio às nações.

Nessa mesma liturgia, a Igreja homenageia aqueles que evangelizam pelos meios de comunicação. A celebração concluirá também a programação da Semana da Comunicação, organizada pela Pastoral da Comunicação Nacional (Pascom Brasil).

“Proclamar a Palavra depende da comunicação, de gestos repletos de sentido que são capazes de ensinar sobre a fé cristã católica, transmitindo os seus valores”, explica dom Walmor.

Por causa do isolamento social, a Missa será transmitida ao vivo pelas rádios e emissoras de TV de inspiração católica e pelos canais do Facebook e YouTube da CNBB.

Segundo a arquidiocese de Belo Horizonte, após o restauro, a Ermida de Nossa Senhora da Piedade, menor basílica do mundo, do século 18, recebeu modernos equipamentos que possibilitam transmissões ao vivo de seu interior. Câmeras automatizadas e mesas de edição integram os recursos tecnológicos que permitem gerar som e imagem de qualidade.

Foto de capa: Beto Novaes/EM/D.A.Press – tirada em 16/12/2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × dois =