Como nossos 5 sentidos nos ajudam a glorificar a Deus

Nossos cinco sentidos podem nos aproximar ou afastar de Deus

Os nossos cinco sentidos podem, sim, nos ajudar a glorificar a Deus. Tudo em nossas vidas é um presente dele, inclusive nossos sentidos. Uma maneira de examinar o estado de nossa alma, por exemplo, é refletir sobre como usamos esses sentidos e se temos espaço para melhorias.

Temos usado nossos sentidos para glorificar a Deus? Ou nossos sentidos nos desviam Dele?

São Francisco Borja  oferece uma reflexão baseada em suas obras espirituais. Ele começa abordando o sentido da visão:

“Deus me deu olhos para que eu possa reconhecer Suas perfeições nas criaturas e para que tudo o que vejo possa me levar a amar e glorificar meu Criador. Mas eu usei esses olhos para atrair Seus inimigos para minha alma e usei essas criaturas até mesmo contra o Ser que as deu a mim.”

Muitas vezes, é através de nossos olhos que pecamos e vamos contra os mandamentos de Deus. Portanto, precisamos guardar nossos olhos e usá-los adequadamente, conhecendo nossas próprias fraquezas e o que nos afastará de Deus.

O sentido do olfato

O próximo sentido em que São Francisco se concentra é o olfato. Diz ele:

“Ele me deu o olfato para que eu pudesse desfrutar do perfume das flores, para que eu pudesse glorificá-lo nelas e, como a Esposa no Cântico, para correr atrás do odor de Seus perfumes.”

De fato, uma boa reflexão é: com que frequência apreciamos os cheiros da terra?

A audição

Depois do olfato, São Francisco aborda a audição.

“Ele me deu ouvidos para que eu pudesse ouvir a voz do Esposo e para que minha alma pudesse ser consolada, mas eu os fechei para Suas sagradas inspirações para abri-los à calúnia.”

Será que reservamos tempo em nossas vidas para ouvir a Deus? Ou ouvimos demais nossos amigos e deixamos que influenciem nossas crenças?

Da mesma forma, São Francisco Borgia aborda os sentidos do paladar e do tato, e conclui sua meditação com uma breve oração, pedindo a Deus a ajuda para glorificá-lo através dos nossos sentidos:

“Ó meu Deus, meu refúgio e minha esperança, somente da tua bondade espero a minha ajuda e a minha cura. Torne meus sentidos submissos à sua santa vontade para que se tornem instrumentos de sua glória. Amém.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × 5 =