Bíblia: comunicação de Deus em linguagem humana

Livro da PAULUS traz formação bíblica e aborda a importância da leitura consciente da Palavra de Deus

“A Bíblia é indispensável como um tesouro da sabedoria ética.”

A PAULUS apresenta a primeira edição do livro Bíblia: comunicação de Deus em linguagem humana, escrito por Luiz Alexandre Solano Rossi e Luiz José Dietrich. A obra é destinada a todos os leitores que anseiam por um maior conhecimento sobre como ler e meditar a Palavra de Deus. O subsídio, parte da Coleção O mundo da Bíblia, reflete sobre questões básicas para o estudo consciente da Sagrada Escritura.

Nessa perspectiva, os autores apresentam uma leitura de fácil acesso, a fim de fomentar a compreensão e responder às seguintes questões: como ler e como não ler a Bíblia? Como ela está organizada? Como, onde e quando nasceu? Em quais idiomas foi escrita? O que é inspiração bíblica? Quais os principais gêneros literários da Bíblia?

O volume está dividido em oito partes. Com o tema “Como ler a Bíblia”, a primeira parte da obra explica por que estudar a Bíblia. Os autores apresentam elementos fundamentais sobre a importância da Palavra e de sua interpretação. A segunda parte empenha-se em explicar como a Bíblia está organizada, tanto na Igreja Católica Apostólica Romana como em algumas tradições religiosas. Luiz Alexandre Solano e Luiz José Dietrich explicam as diferenças entre as publicações. Além disso, o texto traz uma apresentação dos principais livros da Bíblia e ensina como manuseá-los.

Na terceira parte os autores discorrem sobre como nasceu a Bíblia. O livro apresenta três momentos importantes para compreensão das origens das Sagradas Escrituras: acontecimento, memória e escritura. Já a quarta parte esclarece quem escreveu a Bíblia e em quais lugares ela foi redigida.

Na quinta parte, o leitor encontra informações sobre quando e em quais idiomas Bíblia foi escrita. Na sexta parte, a formação está voltada para a inspiração bíblica. Segundo os autores, a Bíblia contém a Palavra de Deus e, por conseguinte, é um livro inspirado, que revela o projeto de Deus para o ser humano e para o mundo.

Na sétima parte, o tema “Como não ler a Bíblia” trata da leitura fundamentalista que muitos cristãos fazem da Bíblia, que não leva em consideração especificidades históricas, literárias e contextuais. Por fim, a oitava parte aponta os gêneros literários presentes na Bíblia como elementos primordiais para a compreensão eficiente da mensagem dos textos bíblicos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × cinco =