Terapia, recurso valioso para saúde

    Terapia, recurso valioso para saúde

    Segundo a Associação Americana de Psiquiatria, até 75% dos pacientes com algum distúrbio apresentam melhoras após as sessões de terapia. 

    A terapia é um valioso recurso para lidar com as dificuldades da existência em todas as formas que o sofrimento humano pode assumir como transtornos emocionais, psicológicos, crises pessoais, crises de relacionamentos, infelizes relacionamentos amorosos, conflitos conjugais, familiares, distúrbios psicossomáticos, dificuldades nas transições da vida e crises profissionais.

    Também é um espaço favorável ao crescimento pessoal, (autoconhecimento), um lugar, tempo, modo privilegiado de criar intimidade consigo mesmo, de estabelecer diálogos construtivos, abrir novos canais de comunicação, de transformar padrões estereotipados de funcionamento, restabelecendo o processo formativo e criativo de cada um. Ela oferece uma oportunidade de compreender e mudar os padrões de vínculo e relação interpessoal.

    A terapia ocupa hoje um lugar fundamental na área da saúde, por trazer uma visão integrada do ser humano, considerando as dimensões orgânicas, psíquicas e sociais conjuntamente participantes na produção da existência humana e de seus problemas.

    Em alguns casos, a terapia cumpre também uma função de educação para a vida, uma pedagogia para lidar com as incompatibilidades. Essa é uma área pouco considerada em nossa cultura, porém evidente quando as pessoas se veem inaptas para lidar com situações como crises conjugais, desemprego, ingratidões, doenças e envelhecimento, por exemplo.

    A terapia é um espaço sagrado de atenção às dificuldades da vida e aos caminhos internos para solucioná-los. Seus resultados demonstram uma grande potência de transformação de vidas. Todos os últimos avanços na área da Psicanálise, da Psicologia e da Psicoterapia têm permitido alcançar resultados cada vez maiores e mais significativos. O retorno é salutar em todos os sentidos da vida.

    Fazer terapia pode ser uma vez por semana, duas vezes por mês ou mensalmente. O importante é obter da terapia um porto seguro. Alguns pacientes encontram na terapia um lugar importante de acompanhamento de seu processo de vida, onde são trabalhadas transformações mais profundas no seu interior. Se alarga a visão para posse de grandes vitórias.

    O empreendimento do tempo e do dinheiro na terapia é um modo econômico de tratamento gloriosamente satisfatório. Pesquisas indicam, por exemplo, que a terapia diminui os índices de consumo de medicamentos e de internações hospitalares. A terapia tem se mostrado também um tratamento economicamente compensador por prevenir e tratar problemas psicológicos, emocionais que, quando não tratados adequadamente, trazem enormes prejuízos econômicos para o indivíduo, os familiares, a instituição que trabalha e para o país.

    Vários estados de sofrimento, crises, transtornos e doenças têm encontrado uma solução ou melhorado apenas com o auxílio da terapia. A saúde psicológica é pré-condição da integralidade da saúde total. Não existe saúde, sem a saúde mental.

    O ser humano nasce, cresce e vive em ambientes associados. Desses     ambientes dependem a saúde, física, emocional, psicológica, a concretude de seu bem-estar e suas realizações na vida. Viver em um ambiente danoso e conviver com pessoas tóxicas, está comprometida a saúde e as belas realizações da vida. É aqui que faz jus a riqueza da terapia! Sua abordagem vai propiciar cura, libertação e mudanças maravilhosas.

    A terapia é um processo que permite transformações profundas do paciente, com resultados evidentes em diversas situações como:

    1. A) Tratamento de vários transtornos como pânico, fobias, ansiedade, depressão, anorexia, bulimia, frigidez, impotência, etc.;
    1. B) Resolução de conflitos pessoais, interpessoais, conjugais, familiares, profissionais etc.;
    1. C) Crises existenciais, transições difíceis (luto, crises profissionais, desilusões amorosas, etc.) e mudanças de fases de vida (puberdade, adolescência, vida adulta, menopausa, envelhecimento, etc.);
    1. D) Aprendizado do autogerenciamento da capacidade de lidar com o estresse, dialogando com os estados afetivos internos e os efeitos dos desafios e problemas da vida;
    1. E) Descoberta de novos modos de conduzir a própria vida; articular e focar nos objetivos;
    1. F) Aquisição de autoconhecimento, autoaperfeiçoamento, resiliência, autonomia e atitude assertiva.

    Para refletir 

    Autoridade do terapeuta flui benefícios para o paciente como: autoridade moral, de conhecimento científico, de um profissional conceituado, tais como: sabe escutar, tem empatia, sereno, elegante e equilibrado. Sua autoridade profissional proporciona a cura, a libertação e a felicidade.

    A terapia muda sua vida para melhor. Proporciona fundamento de segurança, equilíbrio na felicidade, serenidade na articulação dos objetivos. Faz configurar novos horizontes. A terapia é um riquíssimo instrumento em prol da qualidade de vida.

     

    Dr. Inácio José do Vale

    Psicanalista Clínico, PhD

    Trabalha Clinicando na Comunidade de Ação Pastoral-CAP

    Especialista em Psicologia Clínica pela Faculdade Dom Alberto-RS.

    Pós-graduado em Psicologia nas Organizações com Habilitação em Docência no Ensino Superior pela Faculdade Educamais de São Paulo-SP.

    Psicologia, Educação e Desenvolvimento pela Faculdade Metropolitana do Estado de São Paulo-SP.

    Especialista no Ensino de Filosofia e Sociologia pelo Centro Universitário Dr. Edmundo Ulson-Araras/SP.

    Doutorado em Psicanálise Clínica pela Escola de Psicanálise da Sociedade Brasileira de Psicanálise Contemporânea. Rio de Janeiro-RJ. Esta é reconhecida e cadastrada na Organização das Nações Unidas – ONU (United Nations Department of Economic and Social Affairs).

    Autor do livro Terapia Psicanalítica: Demolindo a Ansiedade, a Depressão e a Posse da Saúde Física e Psicológica   

     

    Fontes:

    https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/como-funciona-e-por-que-fazer-terapia/

    Apostila de Psicologia e Intervenções Profissionais da Faculdade de Administração, Ciências e Educação. Itaúna-MG. S/d. pp. 81 e 84.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    2 + 2 =