Saúde Mental

A saúde do corpo e boas atitudes dependem da saúde mental.

A neurociência auxilia na construção do aprendizado físico, neurológico, mental, social e afetivo, buscando a melhor compreensão do funcionamento do cérebro, e como esse funcionamento repercute no comportamento, pensamento e emoções do indivíduo, seja criança, adolescente, adulto ou idoso.

Escreve o Dr. Antonio Carlos Pacheco e Silva Filho, doutor em medicina do Departamento de Psiquiatria da USP. Membro efetivo e analista didata da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e Graduated Fellow do Institute of Living, Hartford, Conn.-EUA: “O conceito atual neurocientífico de plasticidade cerebral, das redes ou mapas neuronais com suas miríades de sinapses sempre em mudança de maneira ativa em contato com aquilo que vem da realidade interna e externa, dá uma base orgânica estrutural para a teoria e prática psicanalíticas atuais. A neurociência vem mostrando como o estar consciente depende da sincronização, da sintonia entre várias estruturas corticais e subcorticais. A psicanálise atual contribui cada vez mais para compreensão da mente humana, seus distúrbios e seu tratamento. Por outro lado, as neurociências vêm confirmando inúmeros postulados psicanalíticos modernos, no estudo das funções cerebrais mais diferenciadas. Entretanto, os neurocientistas não podem mais deixar de lado as contribuições da ciência do inconsciente, como nós psicanalistas não desprezamos os desenvolvimentos dos conhecimentos das ciências cognitivas e das neurociências em geral”.

Neurociência e a neuropsicanálise estão conectadas no mais avanço científico para qualidade de vida da humanidade.

Os órgãos e a saúde

Felicidade, paz, fé, calma, serenidade, otimismo, motivação e alegria. Pensamentos positivos são essenciais para a nossa qualidade de vida e bem-estar: físico, mental e espiritual. Os bons sentimentos ajudam no intenso trabalho dos nossos principais órgãos, gerando mais força, ânimo e energia para o dia a dia. A saúde do corpo e boas atitudes dependem da saúde mental. Veja a relação do otimismo com a saúde do organismo.

O que os seus órgãos dizem dos seus sentimentos?

> Serenidade faz bem para o fígado: Esqueça a raiva. Esse sentimento sobrecarrega e desgasta não só o órgão, mas você também. Tenha serenidade para lidar com todas as questões do cotidiano, afinal, estar tranquilo diante dos problemas, pode ser a real solução.

> Alegria faz bem para os pulmões: Sorrir é uma das melhores formas de lidar com os problemas. Sabemos que na vida nem tudo são flores, mas se a alegria prevalecer, ficará mais fácil de lidar com tudo. Lembre-se: nenhuma tempestade é eterna.

> Paz faz bem para o estômago: A ansiedade é uma das causas das dores de estômago, falta de apetite e até mesmo gastrite. Viver em paz, ter uma vida tranquila, saber lidar com as situações, podem proporcionar melhores momentos ao órgão.

> Calma faz bem para o coração: Quem nunca sentiu palpitações em um momento de estresse que atire a primeira pedra. Manter a calma é essencial para nossa vida em geral, tudo tem o seu tempo e as coisas se ajeitam.

> Fé faz bem para os rins: Além da ingestão de líquido o órgão pode ser beneficiado pela fé. A crença pode diminuir os riscos de diabetes, doenças cardiovasculares, respiratórias, infartos, insuficiência renal e acidente vascular cerebral, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Uma vida saudável engloba nosso ser como um todo. Cada objeto de satisfação que nosso corpo deseja: boa alimentação, boa bebida, amor, carinho, a libido, amizade verdadeira, lazer, exercício físico, espiritualidade e terapia.

O segredo para uma vida bem sucedida é o cuidado da mente para o corpo sadio. A saúde mental é o maior patrimônio do indivíduo. A mente doentia é crucial que faz do corpo leito de hospital. Mente sadia é viver com alegria e harmonia!

Dr. A. Inácio José do Vale

Psicanalista Clínico, PhD

Professor de Pós-Graduação na Faculdade Norte do Paraná

Membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise Contemporânea/RJ

 

Fontes:

https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/mente-sa-corpo-sao-saiba-como-o-organismo-reage-aos-seus-melhores-sentimentos_a3533/1

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-60832003000300010&script=sci_arttext

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 × cinco =