SÃO SEBASTIÃO: MENSAGEIRO DA ESPERANÇA.

    O mês de janeiro é um mês especial para todos as pessoas: mês do início de um novo ano civil, de um novo ciclo, onde todos renovamos nossas metas para o ano que se inicia e renovamos também nossas esperanças para enfrentar os desafios que se nos serão apresentados.

    Mas o mês de janeiro tem um significado ainda mais especial para nossa Arquidiocese e para toda a cidade do Rio de Janeiro: é o mês em que celebramos o padroeiro da nossa cidade e da nossa Arquidiocese: o Mártir São Sebastião (20 de janeiro). Olhar para a figura de um padroeiro é reconhecer um chamado a seguir no caminho do Senhor a exemplo das virtudes deste que é considerado nosso intercessor e especial modelo. Não podemos deixar de reconhecer que é realmente providencial ter S. Sebastião, soldado, perseverante e mártir como nosso padroeiro! Com todos os desafios que temos de enfrentar na complexidade da nossa cidade, este soldado de Deus vem como modelo e intercessor para permanecermos fiéis a Deus e sempre solícitos no serviço aos irmãos!

    Para que esta celebração seja realmente um momento de graça na vida da nossa Arquidiocese e na vida da nossa cidade, já é tradição termos 13 dias de preparação para esta grande festa, a nossa trezena de São Sebastião, que neste ano de 2021 tem como tema SÃO SEBASTIÃO, MENSAGEIRO DA ESPERANÇA.

    Na trezena, a imagem do nosso padroeiro costuma percorrer as mais diversas localidades da vida de nossa cidade e ser sinal de esperança para todos aqueles que tem, no encontro nesse sinal, uma oportunidade de se aproximar da presença de Deus.

    Neste ano de 2021, nossa trezena será vivida de uma maneira bastante especial. É do conhecimento de todos que estamos passando novamente por uma fase difícil de contágio pelo vírus corona e é necessário fazer nossa parte, tendo responsabilidade pelo cuidado com a vida do irmão e com nossas próprias vidas.

    Por este motivo, tendo como atividade principal de evangelização o cuidado com o outro e o respeito à vida, seguindo a todas as normas de recomendadas pelas autoridades sanitárias, principalmente as de evitar aglomerações e de não expor as pessoas que estejam no denominado grupo de risco, é que nossa trezena terá uma programação diferenciada, onde recomendamos que o acompanhamento pelos meios digitais seja o caminho principal de acompanhamento desse momento de grande riqueza para nossa vida de fé.

    No dia 07 teremos a abertura, com a celebração no Santuário de São Sebastião, na Igreja dos Capuchinhos, na Tijuca (18:10). No dia 08 a imagem visitará algumas organizações militares. A partir do dia 09, iniciam-se aquelas visitas missionárias da Imagem pelos vicariatos da nossa Arquidiocese, onde a cada dia celebrarei a missa de encerramento da visita naquele vicariato. Nas missas em uma Organização militar encontrarei com todos os representantes das outras com sinal de unidade e visita. O mesmo acontecerá nos vicariatos: representantes das capelas, igrejas e locais normalmente visitados estarão na missa comum do vicariato visitado. A imagem chegará e sairá em carro aberto pelas ruas da cidade indo e vindo para os locais de celebração, sem contudo parar em nenhum local.

    No dia 09 a imagem visitará o vicariato Suburbano, no dia 10 o Vicariato Leopoldina; o vicariato Oeste no dia 11 e no dia 12 o vicariato Santa Cruz. Dia 13 será o dia do recém-criado vicariato Campo Grande; no dia 14, o vicariato sul. Dando continuidade, no dia 15 a imagem visitará o vicariato urbano, seguindo no dia 16 para o vicariato norte. No dia 17, visitará o Vicariato Jacarepaguá. No dia 18 a imagem visitará a sede administrativa da nossa cidade, a Prefeitura do Rio de Janeiro e teremos também neste dia um momento de encontroe oração com representantes de várias denominações religiosas, unidos e pedindo a Deus por nossa cidade e pela vida do mundo. No dia 19, véspera da grande celebração, a Imagem sobrevoará de helicóptero, às 12:30, toda a nossa cidade, abençoando a todos e cada um dos lugares da cidade maravilhosa.

    O dia 20 é o dia da grande celebração. Teremos a celebração (sem a presença do povo) no santuário de S. Sebastião na Tijuca pela manhã e nossa tradicional procissão da tarde será feita de forma diferente: teremos uma carreata que sairá de Santa Cruz às 14:30 e que virá em direção à nossa Catedral, onde teremos a celebração drive in, em que cada um poderá participar, desde que de dentro dos veículos, como forma segura de mantermos o distanciamento social.

    As formas de vivermos nossa trezena serão diferentes, mas isso em nada diminui a alegria de celebrar nosso padroeiro nem o fervor que marca a celebração de nossa trezena. Temos que nos alegrar pelo fato de que podemos celebrar, mesmo que com formas diferentes e tendo a oportunidade de usar os meios digitais para estar mais perto de Deus e de estar mais perto de nossa comunidade de fé. Agradecemos a Deus pelos meios de comunicação que temos e que torna possível essa proximidade.

    Confiamos a S. Sebastião o início de nossa trezena pedindo que seja um momento de muitas graças para todos nós e um momento especial de encontro com Deus para aqueles que estejam passando por momentos de dificuldades e para aqueles que estejam afastados da vida de fé. Que pela intercessão de S. Sebastião, seja renovada nossa esperança de que Deus pode todas as coisas em favor de seus filhos. Viva S. Sebastião! Deus abençoe e guarde a todos.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    13 − três =