PAPA RECONHECE VIRTUDES HEROICAS DE 7 SERVOS DE DEUS, ENTRE ELES, PADRE ALBINO ALVES DA CUNHA E SILVA

O Papa Francisco recebeu em audiência no sábado (20), o cardeal Marcello Semeraro, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. Durante o encontro, o Pontífice autorizou a mesma congregação a promulgar o decreto que reconhece as virtudes heroicas do Servo de Deus Albino Alves da Cunha e Silva, sacerdote diocesano. Ele nasceu em 22 de setembro de 1882 em Codeçôso, em Portugal, e faleceu em Catanduva, São Paulo, no Brasil, em 19 de setembro de 1973. O corpo de Padre Albino, embalsamado, chegou a ficar exposto em câmara ardente no átrio da capela de um hospital na cidade que leva o seu nome. O sepultamento foi realiza dois dias depois, quando o corpo foi transportado em um carro do Corpo de Bombeiros  para o Cemitério Nossa Senhora do Carmo. Segundo a Fundação Padre Albino, cerca de 30 mil pessoas acompanharam o momento.

A autorização do Papa também se refere à promulgação dos seguintes decretos:

– do milagre, atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Armida Barelli, da Ordem Terceira Secular de São Francisco, cofundadora do Instituto Secular das Missionárias da Realeza de Nosso Senhor Jesus Cristo; nascida em 1º de dezembro de 1882 em Milão (Itália) e falecida em Marzio (Itália) em 15 de agosto de 1952;

– das virtudes heróicas do Servo de Deus Ignazio di San Paolo (Giorgio Spencer), sacerdote da Congregação da Paixão de Jesus Cristo; nascido em 21 de dezembro de 1799 em Londres (Inglaterra) e falecido em Carstairs (Escócia) em 1º de outubro de 1864;

– das virtudes heróicas da Serva de Deus Maria Felicita Fortunata Baseggio (Anna Clara Giovanna), religiosa da Ordem de Santo Agostinho; nascida em 5 de maio de 1752 em Ferrara (Itália) e falecida em Rovigo (Itália) em 11 de fevereiro de 1829;

– das virtudes heróicas da Serva de Deus Floralba Rondi (Luigia Rosina), religiosa da Congregação das Irmãs das Pobrezinhas – Instituto Palazzolo; nascida em 10 de dezembro de 1924 em Pedrengo (Itália) e falecida em Mosango (República Democrática do Congo) em 25 de abril de 1995;

– das virtudes heróicas da Serva de Deus Clarangela Ghilardi (Alessandra), religiosa da Congregação das Irmãs das Pobrezinhas – Instituto Palazzolo; nascida em 21 de abril de 1931 em Trescore Balneario (Itália) e falecida em Kikwit (República Democrática do Congo) em 6 de maio de 1995;

– das virtudes heróicas da Serva de Deus Dinarosa Belleri (Teresa Santa), religiosa da Congregação das Irmãs das Pobrezinhas – Instituto Palazzolo; nascida em 11 de novembro de 1936 em Cailina di Villa Carcina (Itália) e falecida em Kikwit (República Democrática do Congo) em 14 de maio de 1995;

– das virtudes heróicas da Serva de Deus Elisa Giambelluca, fiel leiga, membro da Instituição Teresiana; nascida em 30 de abril de 1941 em Isnello (Itália) e falecida em Roma (Itália) em 5 de julho de 1986.

 

Com informações do Vatican News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

um × 4 =