México: 500º aniversário das Crianças Mártires de Tlaxcala

Núncio apostólico encerra o Ano Jubilar com missa solene

Por ocasião do V Centenário de Nascimento das crianças bem-aventuradas Mártires de Tlaxcala, uma missa solene foi realizada no dia 14 de novembro, no seminário maior de Tlaxcala. A celebração, que também marcou o encerramento do Ano Jubilar foi presidida pelo Núncio Apostólico no México, Dom Christophe Pierre e concelebrada por 40 bispos.

As crianças Cristobal, Antonio e Juan estão entre os primeiros nativos da etnia americana convertidos à fé católica e os primeiros a derramarem seu sangue por Cristo neste continente. Cristobal nasceu provavelmente no ano de 1514, Antonio e Juan por volta de 1516, por isso, o Bispo de Tlaxcala decretou que em 2015 se celebrasse o V centenário de seu nascimento.

“Trata-se de um acontecimento muito importante. As crianças Mártires de Tlaxcala são mártires de toda a América Latina, os primeiros a testemunhar a fé, por isso, nada melhor do que comemorar seus 500 anos no estado de Tlaxcala”, disse o bispo de Tlaxcala, Francisco Moreno Barron, no início da massa.

Ele destacou que este evento está se tornando uma das celebrações religiosas mais importantes do país, com o aumento do número de fiéis, e acrescentou que “são exemplo de defesa da nossa fé nos tempos atuais e em cada oportunidade que tenhamos”.

São João Paulo II beatificou as crianças mártires dia 06 de maio de 1990 na Basílica de Guadalupe, durante sua segunda visita pastoral ao México. Cristobal morreu em 1527, Antonio e Juan, em 1529. Eles foram mortos porque em nome da fé católica, rejeitaram a idolatria e a poligamia.

Fonte: Zenit

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 − dez =