Maior rede católica de televisão, EWTN passa a transmitir em território chinês

A partir de 15 de agosto, Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, a maior rede de televisão católica do mundo, a Eternal World Television Network (EWTN), passará a transmitir oficialmente para Macau.

Ex-colônia portuguesa, Macau é uma das regiões administrativas especiais da República Popular da China (a outra é Hong Kong) e tem como idiomas oficiais o chinês e o português.

O diretor de marketing internacional de EWTN para a região da Ásia-Pacífico, Edwin Lopez, esteve nesta antiga colônia portuguesa para o anúncio do começo das transmissões, em parceria com a TV Cabo Macau.

“Esperamos poder chegar, através da TV Cabo Macau a um número considerável de católicos que desejem aprofundar a sua fé”, declarou Edwin Lopez, ao ressaltar que “a nossa ambição é a de levar a fé católica ao maior número de países e territórios possível”.

A data escolhida para o lançamento oficial das transmissões de EWTN em Macau, 15 de agosto, coincide com o 38º aniversário da fundação desta rede de televisão católica realizada por Madre Angélica, em 1981.

Entretanto, as emissões já estão sendo transmitidas no canal 28 da TV Cabo na Região Especial de Macau desde o passado dia 1º de julho.

Em entrevista ao jornal ‘O Clarim’, da Diocese de Macau, Edwin Lopez esclareceu, porém, que o início das transmissões de EWTN em território chinês não possui relação com o acordo provisório assinado no ano passado entre a Santa Sé e a China para a nomeação de bispos.

“Foi uma coincidência que se tenha materializado neste momento, numa altura em que o Vaticano e a China estendem a mão um ao outro. Trata-se apenas de uma coincidência”, sublinhou, explicando que “o acordo foi assinado em setembro do ano passado, mas a possibilidade da ETWN poder vir a transmitir em Macau começou a ser equacionada no início de 2018”.

Além disso, Lopez contou que “foi a TV Cabo de Macau que se manifestou aberta a esta possibilidade” de iniciar as transmissões de EWTN no território. Nesse sentido, observou como a Divina Providência agiu neste processo. “Não podemos impor a nossa vontade. Se Macau manifestou abertura é porque Deus quis que Macau fosse a nossa primeira base nesta região”.

O jornalista José Miguel Encarnação, editor do semanário ‘O Clarim’ e correspondente local do programa ‘Igreja no Mundo’, produzido pela Fundação Pontifícia Ajuda À Igreja que Sofre em Portugal, é o cooperador da EWTN para Macau.

Conforme assinala a Ajuda à Igreja que Sofre Portugal, a EWTN tem um largo histórico de colaboração com esta fundação pontifícia na partilha de conteúdos relacionados com a Igreja perseguida no mundo e as questões da liberdade religiosa.

A EWTN é a maior rede de comunicação religiosa do mundo. Foi fundada em 1981, no estado norte-americano do Alabama, por Madre Angélica, que transformou a garagem do seu mosteiro em um estúdio de TV.

A empresa cresceu de forma exponencial ao longo dos últimos 38 nos e hoje transmite em cerca de trinta idiomas e está presente em cerca de 150 países em todo o mundo. Atualmente, chega a mais de 310 milhões de lares diariamente.

A EWTN também é proprietária de Rádio Católica Mundial (WEWN), a maior estação de rádio em onda curta privada do mundo, com sede no Alabama (Estados Unidos). Além disso, desde 2016, EWTN está afiliada a mais de 350 emissora de rádio nos Estados Unidos e mais de 500 em todo o mundo.

Em 2011, EWTN adquiriu National Catholic Register, o jornal católico mais antigo dos Estados Unidos.

Além disso, fundiu-se à EWTN em 2014 o Grupo ACI, que inclui ACI Digital, em português, com sede no Rio de Janeiro (Brasil); ACI Prensa, em espanhol, com sede em Lima (Peru); ACI Stampa, em italiano, com sede em Roma (Itália); Catholic News Agency, em inglês, com sede em Dever (Estados Unidos); e CNA Deutsch, em alemão. Neste Grupo, também em 15 de agosto, será inaugurada a ACI África.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

5 × 4 =