AMÉRICA/COLÔMBIA – Arcebispo Castro: “Devemos participar do referendo de modo responsável e com o voto consciente”

Bogotá (Agência Fides) – Depois da assinatura dos acordos alcançados entre o governo colombiano e os guerrilheiros das FARC em Havana, o Presidente dos bispos colombianos, Dom Luis Augusto Castro, Arcebispo de Tunja, disse em coletiva de imprensa, sexta-feira, 9, que os colombianos devem participar do referendo “de modo responsável e com o voto consciente”. “Os bispos da Colômbia” acrescentou o Arcebispo, “são chamados a respeitar o santuário da consciência de cada pessoa. A opinião pessoal é um direito inalienável e consequentemente, se deve fazer uma livre escolha pensando ao bem de todos”.
A Colômbia caminha rumo ao referendo de 2 de outubro para selar a paz: depois de 52 anos de guerra interna, a população deve decidir se aceitar o rejeitar os acordos entre o governo e as Farc.
O Arcebispo Castro colheu a ocasião para se referir à libertação das crianças recrutadas pelas FARC e que hoje, sábado, 10 de setembro – segundo os acordos – devem retornar à vida normal. “Acolhemos com alegria o retorno das crianças, mas estamos conscientes – acrescentou o Presidente dos bispos colombianos – que não poderá haver uma simples reintegração. Devemos enfrentar a raiz do problema. Assim sendo, o menor que retorna deve ter um resgate (reintegração) focalizado na educação especial no que se refere ao respeito pela vida dos outros”.
Para o arcebispo Castro, o papel dos sacerdotes será crucial quando nas diferentes áreas previstas pelo governo se apresentarem grupos de guerrilheiros. “Teremos também um encontro com todos os sacerdotes que trabalham naquelas áreas para prepará-los sobre o modo de tratar os ex-guerrilheiros, numa perspectiva de humanização”, acrescentou Dom Castro.

 

Fonte: Agência Fides

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

10 + 10 =