5 motivos para fazer uma árvore genealógica com sua família

É divertido e benéfico dedicar algum tempo para mergulhar no passado de sua família

Uma árvore genealógica é uma ferramenta visual que representa as gerações de sua família. Aqui estão algumas dicas úteis e alguns motivos para criar uma com sua família.

1HOMENAGEM AOS QUE VIERAM ANTES DE NÓS

Sem dúvida, esta atividade é uma homenagem à memória de todos aqueles que nos precederam e que, com a vida, contribuíram para o crescimento da história de nossa família.

Em um encontro do Papa Francisco com os idosos em setembro de 2014, ele afirmou :

“Um povo que não guarda os avós e não os trata bem é um povo que não tem futuro! Porque não tem futuro? Porque perde a memória, e se separa das próprias raízes.”

Mais recentemente, o Primeiro Dia Mundial dos Avós e Idosos foi celebrado com o tema: “Estou contigo todos os dias”. Este dia, próximo à festa de São Joaquim e Santa Ana, foi instituído pelo Papa Francisco para mostrar proximidade, solidariedade e reconhecimento aos avós e aos idosos.

Dica: Precisamos nos interessar pelos mais velhos, não apenas no papel, como parte da árvore genealógica, mas também como pessoas. Como nos lembra o Papa Francisco, “cabe a nós proteger suas vidas, aliviar suas dificuldades, atender às suas necessidades e garantir que sejam ajudados na vida diária e não se sintam sós”.

2IMPORTANTE ATIVIDADE PARA REUNIR A FAMÍLIA

Criar uma árvore genealógica é a desculpa perfeita para envolver todos os membros de uma família e ajuda a fortalecer os laços intergeracionais.

Converse com seus avós, consulte suas tias e tios, seus sogros ou até mesmo seus vizinhos ou amigos mais próximos – você pode se surpreender se eles conseguirem contribuir com nomes, datas ou fatos interessantes!

Durante as férias ou feriados – uma época em que temos reuniões familiares – fazer nossa árvore genealógica pode ser uma oportunidade muito enriquecedora para uma conversa. Certamente é melhor e menos conflituoso do que falar de política!

Podemos aproveitar as refeições compartilhadas para perguntar aos mais velhos sobre suas memórias de família, anedotas ou circunstâncias pelas quais a família passou.

Dica: sempre tenha papel e lápis à mão. Escreva todas as informações que possam fazer parte da árvore genealógica. Após alguns dias, compartilhe um rascunho para que os demais membros da família possam apontar mudanças ou melhorias na estrutura de seu trabalho.

3HABILIDADE DE PESQUISA

Antes de começar a elaborar uma árvore genealógica, a coisa mais sensata a fazer é traçar um plano de trabalho.

Pense até onde você quer ir: 3ª, 4ª, 5ª geração ou até mais. Planeje quantas informações você deseja inserir, além de nomes e datas de nascimento e morte de cada parente.

É divertido e interessante adicionar um apêndice incluindo fotografias, anedotas ou mesmo receitas. Quanto mais informações você adicionar, mais valor agregará à sua árvore genealógica.

No final, com todas as informações cuidadosamente pesquisadas, a linha do tempo de sua família ficará como herança para seus filhos, netos e gerações futuras.

O trabalho de coletar, classificar, verificar e avaliar as informações requer paciência, senso crítico e, às vezes, discernimento cuidadoso para determinar quais informações são confiáveis. Portanto, envolva seus filhos; essas são habilidades que servirão a eles (e a você) de muitas maneiras.

Dica: Ocasionalmente, você pode descobrir informações sobre um membro da família que podem não ser apropriadas para publicar. É preciso ser discreto, sensível e empático com a vida dos outros.

4CRIATIVIDADE, ORGANIZAÇÃO E CLAREZA

A árvore genealógica é um instrumento que nos permite descrever e relacionar os membros de uma família de forma simples, mas deve ser ordenada cronologicamente.

Além disso, deve ser exibida de forma gráfica e engenhosa, para que qualquer pessoa possa entendê-la, especialmente crianças. Para elas, fazer uma árvore genealógica com os pais, avós, tios e tias, etc. pode ser uma experiência divertida.

Visitar o baú das memórias de uma casa em busca de documentos pode se tornar a maior aventura! Combinar as fotografias e documentos, as histórias e memórias de familiares vivos é uma oportunidade para a criatividade.

Dica: Como em qualquer projeto, pessoal ou profissional, seria bom inventar um título que capturasse o sentido do trabalho. Por isso, envolva a família e juntos pensem em um nome ou slogan para designar sua árvore genealógica: “A Família Smith-Jones”, “Nossa saga”, “Passado, presente e futuro”, “Nossa família, o melhor time … ”

5RESPOSTAS PARA MUITAS PERGUNTAS

Ao conhecer o histórico de sua família – realizações, aventuras e tradições – você pode compreender detalhes sobre si mesmo. Na verdade, a história de uma família é também a história de cada um de seus membros.

Dica: Para as crianças, esse tipo de atividade pode ajudar a entender mais rapidamente sobre seu relacionamento com os ancestrais, além da mãe e do pai. Elas aprendem a distinguir os papéis familiares e até forjar a própria identidade à medida que as deixamos participar da elaboração da árvore com seus desenhos.

Embora seja legal utilizar ferramentas online, a melhor maneira de criar a árvore em família é deixar os mais novos da casa desenhar ou criar a árvore genealógica à sua maneira, o que com certeza será criativo e divertido.

Certamente, será tempo e esforço bem investidos, e uma obra que ficará para a posteridade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 3 =