Famílias afetadas por projeto de ferrovia em Pernambuco recebem apoio da Igreja

A diocese de Palmares (PE) e a arquidiocese de Olinda e Recife (PE) formaram uma comissão em defesa de mais de 4.500 famílias ameaçadas de despejo em Pernambuco. A população atualmente vive em oito municípios da zona da mata sul do Estado onde deverá ser construído um dos trechos da Ferrovia Transnordestina – obra projetada para ligar o Porto de Pecém (CE) ao Porto de Suape (PE).

Os moradores da região, situados a 15 metros da antiga linha férrea, foram informados de que têm até o dia 30 deste mês para abandonar suas casas sob pena de multa diária de R$ 100. A ordem de despejo foi autorizada pela Justiça Federal a pedido da empresa Transnordestina Logística S.A. detentora da concessão da ferrovia. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, afirmou que a comissão é um sinal “de esperança para esse povo sofrido, já que são tantas famílias ameaçadas de perderem suas casas e sua dignidade. Estamos conversando e articulando para barrar essas desocupações”.

Leia a notícia na íntegra:

Igreja cria comissão em defesa de 4.500 famílias ameaçadas de despejo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito − 9 =