As famílias numerosas estão voltando à moda?

Pesquisas mostram que o tamanho ideal indicado para uma família está crescendo mais uma vez… e talvez essas sejam algumas das razões

Espero que isso não soe falta de modéstia, mas sou um homem rico. Sei que não mereço, mas estou cercado por uma esposa e filhos que me dão muito mais amor do que eu jamais poderia ter sonhado.

Nossa ninhada em particular é composta por seis filhos com idades entre 1 e 12 anos. Suspeito que, se a vida tivesse sido um pouco diferente, o número de filhos que recebemos no mundo poderia facilmente ter sido maior ou menor. Mas assim como é, temos o número perfeito.

Nossa família é considerada grande pelos padrões de hoje, e as pessoas frequentemente perguntam por que decidimos ter tantos filhos. Deixando de lado por um momento quão estranha é tal pergunta, não me importo de responder que temos tantos filhos porque achamos que eles são bacanas.

Sim, o simples fato é que é divertido conviver com eles. Ontem à noite eu estava jogando xadrez com a criança de quatro anos e ela me contou sobre seu sonho de que mais pessoas podiam se sentar na arquibancada, vê-la jogar e admirar suas habilidades estratégicas. Ela acha que é tão boa no xadrez que merece uma multidão de espectadores. Depois de capturar sua rainha, fiz uma anotação mental para inscrevê-la no Clube de Xadrez no próximo ano.

Ela está certa, será divertido vê-la jogar. Também é divertido assistir às crianças competindo em jogos de vôlei e futebol. É divertido ir ao zoológico e à colheita de maçãs e praticar mountain bike. É divertido fazer fogueiras e churrasco e convidar outras famílias para sessões improvisadas de poesia e música. Meus filhos estão me dando a chance de viver uma segunda infância, que, para ser sincero, estou amando ainda mais desta vez.

Anos atrás, o tamanho da nossa família não teria levantado uma sobrancelha. Por exemplo, em 1976, 40% das mães de 40 a 44 anos tinham quatro ou mais filhos. Hoje, esse número caiu para 13%.

Então, sim, uma família com seis filhos ou mais se tornou cada vez mais rara. Aqui está uma mudança de tendência, no entanto. Após anos de declínio, o tamanho ideal da família está novamente aumentando. Quando entrevistados, os americanos que pensam que o tamanho perfeito para uma família inclui pelo menos três filhos está em ascensão. As famílias ainda são muito menores do que eram décadas atrás, mas talvez isso possa começar a mudar assim que as pessoas começarem a desejar famílias maiores.

Parece que as famílias numerosas estão voltando à moda. É claro que estar na moda não é um bom motivo para ter filhos, mas minha experiência mostra que existem muitos outros bons motivos. Simplificando, como Mark Oppenheimer, pai de cinco filhos, diz em um artigo recente no The Wall Street Journal, “todos os nossos filhos melhoraram minha vida”.

É exatamente assim que me sinto. Mesmo que meu orçamento apertado e outras despesas que continuam a esvaziar meus bolsos, pude sentir como cada nova criança fez meu coração crescer.

Aqui está o que mais eu amo em nossa família: as crianças cuidam umas das outras. Os meninos, que são típicos rapazes brutos, mostram um lado sensível quando fazem uma pausa para puxar gentilmente sua irmã mais nova pelo pátio na carroça.

As meninas mais velhas fazem sanduíches de queijo grelhado para os irmãos mais novos. Algumas crianças até se ajudaram a aprender a ler de uma maneira muito mais paciente do que eu jamais poderia ter conseguido.

Eles adoram estar juntos e sempre têm um amigo por perto. Eles aprendem a socializar, compartilhar e praticar a gratuidade. Algo está sempre acontecendo em nossa casa, e as crianças do bairro se reúnem para participar da diversão.

Existem custos para ter uma família numerosa, com certeza. Eu brinco sobre o quão caro eles são, mas é realmente verdade. Para ter mais filhos, os pais devem estar dispostos a desistir de outros luxos. Nossa família não come muito em restaurantes. Nossas férias são curtas e locais. Os carros que dirigimos têm mais de 10 anos de uso. Não compro uma nova peça de roupa há anos e não me lembro da última vez que fomos a um cinema.

A outra mercadoria em falta na casa é a privacidade. As crianças compartilham quartos e, quando têm pesadelos, acabam na cama com mamãe e papai. Não estou brincando quando digo que ontem acordei de manhã e descobri três crianças empilhadas em nossa cama que haviam feito ali o seu cantinho durante a noite. O espaço pessoal é limitado e isso pode ser frustrante para pais e filhos.

Tudo isso dito, trocaria minha família numerosa por qualquer outro luxo do mundo? Absolutamente não. E, com base em pesquisas, parece que mais e mais pessoas estão começando a concordar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezoito + três =