Exaltação da Santa Cruz

    Celebramos, no dia 14 de setembro, o dia da Exaltação da Santa Cruz. Com essa celebração, a Igreja celebra a vida, ou Aquele que venceu a morte entregando-Se na Cruz. A Cruz passa a ser vista como sinal de esperança da qual pendeu a salvação do mundo pois nela morreu o Salvador da humanidade e foi derramado sobre nós o amor de um Deus que nos ama.

    Ao celebrarmos a Exaltação da Santa Cruz, queremos recordar a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, e meditarmos na vida de tantos santos que entregaram a sua vida em favor de Cristo e de sua Igreja. Ao contemplarmos a Cruz, podemos meditar sobre a nossa vida e buscar meios para vencer o pecado.

    Do mesmo modo que no Antigo Testamento o povo de Deus era curado quando olhava para a serpente de bronze (Nm 21, 9); de igual modo ao contemplarmos a Cruz de Cristo, seremos salvos. Ao contemplar a Cruz de Cristo, contemplamos nela Aquele que por nós morreu e se entregou livremente: “É necessário que o Filho do Homem seja levantado, para que todos os que n’Ele crerem tenham a vida eterna” (Jo 3, 14)

    Ainda somos convidados a meditar que devemos carregar a cruz nossa de cada dia. Deus não nos dá uma cruz maior do que a que podemos carregar. Com fé e esperança em Deus, conseguiremos carregar as nossas cruzes do dia a dia. É necessário passar pelo Calvário para chegar à glória da Ressurreição.

    A Cruz sempre foi a referência da fé de todo cristão. Ela é a identidade do Cristão. Ao ser batizado, o novo cristão é acolhido pela comunidade crente com o sinal da Cruz. Ao iniciar e terminar a celebração Eucarística, se faz o sinal da cruz e, sempre antes e ao término de alguma oração, se faz o sinal da Cruz. Por isso, a Cruz acompanha a vida de todo aquele que crê.

    É salutar que todo cristão tenha em sua casa um crucifixo que identifique que naquela residência tem uma família cristã e, para que a Cruz de Cristo abençoe aquele lar e a Cruz de Cristo seja sinal de vitória e salvação para os que ali moram. Toda casa deve ser construída sobre a ótica do amor, pois uma casa construída sem amor virá a ruir. Além do amor, o que sustenta um lar é a fé, por isso a importância de todo cristão ter em sua casa a Cruz de Cristo, para que o amor e a fé sejam o sustento daquele lar.

    Somente por meio da Cruz entendemos a dimensão do amor de Jesus pela humanidade e somente mirando a Cruz de Cristo conseguiremos ser o reflexo desse amor para quem nós encontrarmos. Um mundo em que precisa muito desse amor de Deus nos dias de hoje, se quisermos sair da atual situação em que nos encontramos. A humanidade precisa entender mais sobre o amor ao próximo e sobre o planeta em que vive se quiser continuar sobrevivendo sobre a terra.

    Esta festividade está ligada à edificação de duas importantes Basílicas construídas em Jerusalém, por ordem do imperador Constantino, filho de Santa Helena. Uma construída no monte Calvário, onde Jesus foi crucificado, e outra onde Jesus foi sepultado e ressuscitou. A dedicação de ambas as basílicas remonta ao ano de 335, quando a Santa Cruz foi apresentada e exaltada pelos fiéis.

    A celebração da Exaltação da Santa Cruz remonta ao início da era cristã, iniciando em Jerusalém, local onde Jesus morreu e ressuscitou, e de Jerusalém espalhou-se pelo mundo inteiro. A exaltação ou adoração à Santa Cruz remonta aquilo que fazemos na Sexta-feira Santa, que em sinal de reverência, nos prostramos diante de Jesus Crucificado e O adoramos. E ainda agradecemos, pois por meio de sua entrega na cruz nos veio a redenção. Não adoramos a Cruz em si, mas Aquele que nela morreu e por nós se entregou.

    Somos convidados, nesse dia da Exaltação da Santa Cruz, a fazer a mesma coisa que fazemos na Sexta-feira Santa: adorar o Senhor na Cruz e pedir que por meio de sua entrega na Cruz sejamos libertos de todos os males. Por meio da Cruz do Senhor, poderemos ser libertos de todo o pecado e, em memória de sua entrega na Cruz, celebramos a Eucaristia.

    Peçamos nesse dia que a Cruz de Cristo seja a nossa Salvação e que possamos sempre tê-la como sinal de vitória e que ao crer naquele que por nós se entregou nessa Cruz, obtenhamos a coroa eterna. Tenhamos sempre a certeza de que, após passarmos pela Cruz, chegaremos à salvação.

    Se ainda não possui um Crucifixo em casa, coloque-o nesse dia, em um local de destaque em sua casa, acenda uma vela e peça que por meio dessa Cruz sua família seja salva de todo o mal. Que possamos trazer em nosso coração a certeza de que não adoramos um Deus morto, mas um Deus vivo que nos abriu as portas para a eternidade e a certeza da ressurreição.

    “Do Rei avança o estandarte, fulge o mistério da Cruz, onde por nós suspenso o autor da vida, Jesus. Do lado morto de Cristo, ao golpe que lhe vibravam, para lavar meu pecado o sangue e a água jorravam. Árvore esplêndida bela de rubra púrpura ornada dos santos membros tocar digna só tu foste achada”. (Fonte canção nova)

    Que a Cruz de Cristo seja a nossa salvação, Amém!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    20 − 15 =