Vaticano aprova criação da Federação Regnum Christi

O Vaticano aprovou a constituição da Federação Regnum Christi, formada e governada de forma colegial pelos Legionários de Cristo, as Consagradas e os Leigos Consagrados do Regnum Christi.

Além disso, os leigos, associados individualmente à Federação, têm um voto consultivo.

Através de um decreto emitido em 31 de maio, a Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica da Santa Sé aprovou o pedido das três instituições, buscando “aprofundar e promover o carisma comum, de favorecer a colaboração no apostolado e de gozar de uma estrutura canônica comum que expresse a unidade e a comunhão fraterna dos componentes da família espiritual”.

Além disso, o Dicastério do Vaticano aprovou e confirmou “ad experimentum” por um período de cinco anos os Estatutos da Federação.

Os diretores gerais da Federação são Pe. Eduardo Robles-Gil, dos Legionários de Cristo; Gloria Rodríguez, das consagradas do Regnum Christi; e Jorge López, dos leigos consagrados do Regnum Christi.

Em um comunicado conjunto, os diretores gerais destacaram que a aprovação do Vaticano “é uma confirmação do discernimento que fizemos entre todos, e dos Estatutos como um instrumento válido para dar continuidade e uma nova projeção ao plano de Deus para nossa família espiritual”.

Também agradeceram a todos aqueles que tornaram possível essa aprovação, a igreja e ao Assistente Pontifício do Regnum Christi, Pe. Gianfranco Ghirlanda.

Com o decreto do Vaticano, indicaram os diretores, “encerra-se uma etapa importante de nossa história. Nestes anos temos buscado compreender mais profundamente a identidade do Regnum Christi para poder encontrar uma estrutura canônica que ajude a custodiar o espírito e viver a missão que brotam do nosso carisma”.

Regnum Christi surgiu como um movimento eclesial no final dos anos 1950, fundado por Marcial Maciel Degollado, também fundador dos Legionários de Cristo.

Depois dos diversos escândalos sexuais descobertos na vida de Maciel Degollado, Bento XVI encomendou entre 2009 e 2010 uma visita apostólica aos Legionários de Cristo e Regnum Christi. Mais tarde, nomeou o falecido Cardeal Velasio de Paolis como delegado pontifício.

Pe. Ghirlanda sucedeu o Cardeal De Paolis.

Regnum Christi explicou em um comunicado que o seu “caminho de renovação” nas mãos da Santa Sé “começou há 8 anos, depois de conhecer os escândalos e crimes do Pe. Marcial Maciel. Durante este tempo, os Legionários de Cristo elaboraram novas Constituições; as Consagradas e os Leigos Consagrados foram reconhecidos canonicamente como Sociedades de Vida Apostólica de Direito Pontifício com as suas respectivas Constituições, e os leigos fizeram seu Regulamento, um código secundário, que junto com os Estatutos recém-aprovados da Federação Regnum Christi, entrará em vigor em 15 de setembro de 2019”.

Com a criação da Federação, Regnum Christi se define como “uma realidade da Igreja formada por quatro vocações: legionários de Cristo, consagradas, leigos consagrados e leigos”.

Além disso, a figura da Federação, explicaram, supõe que cada uma destas quatro vocações “é corresponsável pela custódia do carisma comum”, ao mesmo tempo “reconhece-se o valor da autonomia de cada uma e a importância de sua adequada expressão canônica”.

Para o Regnum Christi, “a colegialidade do governo da Federação é outra das grandes novidades na forma de se organizar”, porque “representa avanço e é expressão de uma forma renovada do exercício da autoridade ao serviço da missão comum”.

Implica também que a Legião de Cristo pertence “de forma inseparável” ao Regnum Christi.

O novo estatuto, acrescentam, “contém uma expressão renovada e compartilhada da espiritualidade e dos princípios da ação apostólica, e delineia claramente os fundamentos espirituais do Regnum Christi. Seus membros buscam ‘dar glória a Deus e tornar presente o Reino de Deus nos corações dos homens e na sociedade’ através de sua própria santificação e ação apostólica “.

Até o final de 2018, Regnum Christi era formado por 22.652 membros leigos, 523 consagradas, 59 leigos consagrados e 1.501 Legionários de Cristo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 − 4 =