Papa em Lesbos: misericórdia em primeiro lugar

O destaque da edição do “Porta Aberta no Ano da Misericórdia” desta quarta-feira (20/04) é viagem que o Papa Francisco fez à ilha grega de Lesbos, sábado passado (16/04).

Tratou-se de uma visita de caráter humanitário, em âmbito ecumênico, em que Francisco pôde expressar a misericórdia do Senhor, colocando em prática as obras corporais e espirituais. O programa repropõe a reportagem sobre a visita ao campo de refugiados de Mória e a oração em memória das vítimas da migração.

De volta ao Vaticano, viajaram com o Pontífice três famílias refugiadas sírias – gesto que surpreendeu a opinião pública mundial. O “Porta Aberta” traz uma entrevista feita pela Rádio Vaticano a uma das famílias acolhidas pela Comunidade de Santo Egídio.

Para uma análise sobre esta viagem do Papa Francisco, a Rádio Vaticano entrevistou também a Superiora-Geral da Congregação de São Carlos Borromeu – Scalabrinianas –, Ir. Neusa de Fátima Mariano. Para ela, o sinal que o Papa quis dar em sua visita a Lesbos é muito claro para todo o planeta: a emergência migratória se enfrenta com ecumenismo, solidariedade, diálogo e confronto.

A edição do Programa se encerra com um olhar ao Brasil, que vive momentos cruciais de sua história. Na bula de convocação deste Jubileu Extraordinário, o Papa Francisco usa expressões fortes para falar de corrupção. O comentário é do Bispo da Diocese de Campina Grande (PB), Dom Manoel Delson Pedreira da Cruz, O.F.M. Cap.

O Porta Aberta vai ao ar às quartas-feiras, às 17h – hora local (12 horário de Brasília).

Fonte: Rádio Vaticano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

9 + 1 =