Ordenam primeiro sacerdote cego na história de Trinidad e Tobago

Neste fim de semana, foi ordenado Mikkel Trestrail, o primeiro sacerdote cego da história de Trinidad e Tobago, nas Antilhas, junto com outros três diáconos.

A ordenação foi celebrada no sábado, 14 de setembro, na Catedral Basílica da Imaculada Conceição, pelo Arcebispo de Porto de Espanha, Dom Charles Jason Gordon.

Junto com Pe. Trestrail, que pertence e é co-fundador da Comunidade de Companheiros de Cristo Transfigurado (CTC), também foram ordenados sacerdotes Kwesi Alleyne, Stephan Alexander e Kenwyn Sylvester.

Dom Gordon enfatizou que esta foi a terceira maior ordenação da história de seu país. O maior número de ordenados ocorreu durante a década de 1940 e o segundo na década de 1980, com cinco sacerdotes ordenados na mesma cerimônia.

Durante sua homilia, o Arcebispo disse que nos anos 1980, o seminário estava cheio e parecia que a Igreja cresceria cada vez mais. No entanto, descreveu a era atual da Igreja como “um tempo de deserto e seca”. Assim informa ‘The Catholic News’, o jornal semanal da Arquidiocese de Porto de Espanha.

Nesse sentido, reconheceu, “criamos uma geração de jovens que não entendem a Cruz de Jesus Cristo. Passamos por uma geração na qual nós, como sacerdotes, bispos, Igreja, religiosos, não colocamos a Cruz de Cristo no centro (…) porque escolhemos opções suaves, porque escolhemos a comodidade, o privilégio e o prestígio acima do Evangelho de Jesus Cristo. Fomos ao deserto como igreja”.

“A Igreja ou abraçará a cruz como fonte de sua salvação, ou será arrastada para a cruz contra sua vontade. Esta é a época na qual a cruz se torna central em toda a vida cristã”, afirmou.

Em seguida, o Prelado se dirigiu aos quatro novos sacerdotes e os aconselhou a não fazerem da Missa uma espécie de “entretenimento”.

“Há uma Missa e essa é a Missa de Jesus Cristo, e nós, como sacerdotes, participamos nesse sacrifício que Cristo nos deu e isso é ao que vocês são chamados no sacerdócio. Estão sendo ordenados para serem homens que elevarão a cruz de Jesus Cristo no alto e entenderão que não há poder ou salvação a não ser através da Cruz”, aconselhou Dom Gordon.

Ao mesmo tempo, Pe. Trestrail aproveitou a oportunidade para agradecer a todos os participantes de Trinidad e Tobago, bem como dos países de Granada, República Dominicana, Curaçao, Barbados, Dominica, Guiana, Suriname e Estados Unidos.

Do mesmo modo, ficou muito agradecido em todos os momentos com os membros da comunidade de deficientes que participaram.

No domingo, 15 de setembro, Pe. Trestrail celebrou sua primeira Missa, acompanhado por outros sete sacerdotes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis + quinze =