OEA debaterá declaração de apoio ao diálogo na Venezuela

Washington (RV) – O Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) debaterá esta quarta-feira – em sessão extraordinária – uma declaração de apoio ao diálogo entre o Governo de Nicolás Maduro e a oposição venezuelana.

A declaração, proposta por Brasil, Argentina, Honduras, México, Peru, Estados Unidos e Canadá, “dá as boas vindas” e “apoia” o diálogo iniciado em 30 de outubro passado, com o acompanhamento do Vaticano e da União das Nações Sul-americanas (Unasur). Outrossim, encoraja o Governo e a opositora ‘Mesa de Unidad Democrática’ (MUD) a “alcançar resultados concretos em um prazo razoável para colocar fim à difícil situação que atravessa a Venezuela”.

A declaração também exorta as partes a “atuar com prudência” e a “evitar qualquer ato de violência ou ameaças ao processo em andamento”, reconhecendo “o compromisso das partes com uma convivência pacífica, respeitosa e construtiva, assim como a decisão de colocar o bem comum da Venezuela acima de qualquer diferença entre as partes”.

Por fim, “respalda” o apoio ao diálogo do Vaticano, assim como do ex-Primeiro Ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, do ex-Presidente dominicano Leonel Fernández e do panamenho Martín Torrijos, ao mesmo tempo em que insiste na “deposição” do Conselho Permanente em “colaborar” com o processo.

O Conselho Permanente da OEA se reunirá em Washington a partir das 15 horas desta quarta-feira.

 

Fonte: Rádio Vaticano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

11 − 1 =