Livro conta história das “irmãs vigárias” no território da arquidiocese de Natal

A paróquia Nossa Senhora do Ó, em Nísia Floresta (RN), região pertencente à arquidiocese de Natal (RN), protagonizou na década de 1960 a experiência da “Irmãs Vigárias”, religiosas da Congregação das Missionárias de Jesus Crucificado que assumiram a administração da igreja, diante do pouco número de sacerdotes. A história está contada no livro “Mulheres no altar”, de Luzia Valladão Ferreira, lançado no fim do mês passado na capital do Rio Grande do Norte.

“A temática abordada nesse livro é muito pertinente para os dias atuais, quando o papa Francisco pede uma Igreja em saída e, também, tem combatido o clericalismo”, diz o arcebispo de Natal, dom Jaime Vieira Rocha. O arcebispo recorda ainda que a paróquia de Nossa Senhora do Ó foi berço de várias ações revolucionárias, como a primeira experiência da Campanha da Fraternidade, em 1962, e que, dois anos depois, foi assumida pela CNBB.

Leia a notícia completa. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 − 2 =