Formação de sacerdotes no Líbano

Não muito tempo atrás, o Líbano era o único país do Oriente Médio de maioria cristã. Entretanto, isso mudou nos últimos anos com um número crescente de cristãos saindo do país. Durante a terrível guerra civil entre 1975 e 1990, cerca de 700 mil cristãos deixaram o país; o êxodo continua hoje. Assim, hoje os cristãos compõem somente cerca de 34% da população total; entre os jovens de 25 ou menos, apenas um quarto são cristãos. Uma Igreja forte é capaz de conter tal êxodo. Assim, a ACN contribui com ela por meio da formação de sacerdotes no Líbano.

Na arquidiocese de Baalbek, no nordeste do país, a situação é ainda mais crítica. Porque aqui os cristãos representam apenas 5% da população. Esta é uma região pobre, perto da fronteira com a Síria, onde pela falta de segurança as pessoas vivem com medo. Aqueles que podem deixam o país e procuram uma nova vida em outros lugares. Canadá ou na Austrália, por exemplo, são países destino. Outros, ao menos, vão para a capital, Beirute. Somente uma Igreja forte que possa providenciar apoio espiritual, pastoral, social e econômico para seus fiéis pode impedir a onda deste êxodo em massa. Claramente, jovens sacerdotes bem formados desempenham um papel fundamental aqui.

Atualmente, existem três rapazes da arquidiocese maronita de Baalbek que estão sendo formados para o sacerdócio. O arcebispo D. Hanna Rahme tem uma preocupação especial para com esses jovens, mas carece dos recursos necessários. Ele ele então procurou a ACN para obter ajuda, de modo que eles possam receber uma formação sólida e poder apoiar seu povo como verdadeiros pastores. Ele escreve: “Estou certo de que estarão abertos a esse pedido. Especialmente porque o Senhor já nos abençoou com muitas boas vocações sacerdotais; homens que já estão trabalhando com grande zelo apostólico em nossa diocese. Permita-me dizer que estou contando com a sua boa vontade e com a bondade missionária dos seus benfeitores“.

Não temos dúvidas de que nossos generosos benfeitores se juntarão conosco para apoiar a formação de sacerdotes no Líbano. Nós, inclusive, já prometemos ao arcebispo essa ajuda!

Fonte: ACN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

vinte − sete =