CNBB divulga lista de finalistas de cada categoria dos Prêmios de Comunicação edição 2018

Dom Darci José Nicioli, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, responsável pela gestão do projeto “Prêmios de Comunicação CNBB”, autorizou a divulgação nesta quarta-feira, 13 de junho, os trabalhos finalistas do “Margarida de Prata” (Cinema), “Microfone de Prata” (Rádio), “Dom Hélder Câmara” (Imprensa), “Clara de Assis” (TV) e “Dom Luciano Mendes de Almeida” (Internet).

PRÊMIO “MARGARIDA DE PRATA” (Cinema)

Categoria: Curta-Metragem

  • Cine Rio Branco – Eudaldo Monção Rocha Júnior
  • Boca de fogo – Luciano Pérez Fernández
  • KIWXI – Memória, Martírio e Missão de Vicente Cañas – Cirineu Khul

Categoria: Longa-Metragem

  • A imagem da Tolerância – Rafael Rodrigues Codesseira
  • Marcos Medeiros, codinome vampiro – Vicente Duque Estrada
  • Em Busca do Sagrado – Monges Beneditinos – Geizom Sokacheski

PRÊMIO “DOM LUCIANO MENDES DE ALMEIDA” (Internet)

Categoria: Portal, sites e blog

  • Webradio Coração de Mãe – Alexandre Francisco Batista
  • Portal do Boletim Salesiano – Ana Cosenza
  • Portal Católico Digital – Felipe Boni Alves Moreira

Categoria: Iniciativas em Redes Sociais

  • TVweb Franciscanos – Erika Augusto Silva
  • TVweb Redentor – Agito Cultural – Raphael Luís Freire Silva
  • Canal Youtube P. Reginaldo Manzotti – Geizom Sokacheski

Categoria: Aplicativos

  • Fazenda da Esperança – Lilian Cristini Soares Pereira
  • Pastoral da Criança – Aplicativo Visita domiciliar – Vanuza Aparecida Santos Wistuba
  • Aplicativo OSID – Elaine Mara Goes Franco

PRÊMIO “CLARA DE ASSIS” (TV)

Categoria: Reportagem

  • Série Caminhos da Fé – Marcus Felipe Gouveia de Paula
  • Brasil e Senegal – Nos braços da solidariedade – Isly Viana de Melo Ximenes
  • Conflitos agrários no Brasil – Fabiano Villela dos Santos

Categoria: Documentário

  • Território De(s)marcado – Bianca Vasconcellos
  • Negro no Brasil – Leandro Miranda de Sena
  • Marcados pelo Sol – Manuela de Oliveira Castro

PRÊMIO “DOM HÉLDER CÂMARA” (Imprensa)

Categoria: Jornal

  • Sozinhas – A história de mulheres que sofrem violência no campo – Ângela Bastos
  • Fome volta a assombrar famílias brasileiras – Daiane Costa
  • Cerco dos isolados – André Borges

Categoria: Revista

  • Aparecida no coração do Brasil – revista Ave Maria – Aparecida – No Coração do Brasil
  • Revista a Ordem – arquidiocese de Natal – Cacilda Cunha de Medeiros
  • A porta do Céu – revista GPS – Paulo Henrique Pimenta da Silva

PRÊMIO “MICROFONE DE PRATA” (Rádio)

Categoria: Jornalístico

  • A Culpa é do Estuprador – Rodrigo de Castro Resende
  • No rastro da Baleia Azul – Isabela Zumba Mascarenhas Senra Gaspar
  • Um pé de coaçú – meu lugar é minha história – João Djane Assunção da Silva

Categoria: Religioso

  • Programa Família Consagrada – Nathalia Silva Pinto
  • Um Conto de Natal – Ariane Carolina de Campos
  • Conhecendo os Salmos – Frei Mário Sérgio

Categoria: Entretenimento

  • Programa Acorda Brasil – Patrícia Diniz
  • Ponto de Encontro – Ana Cristina Ribeiro Rosa
  • Playlist Internacional – Rafael Augusto Costalonga

Processo de seleção

As inscrições ficaram abertas de 3 de agosto de 2017 ao dia 31 de janeiro de 2018. Nesta edição, os interessados puderam fazer todo o fornecimento de informações online. Uma parceira da Comissão com a Agência GBA, de São Paulo, possibilitou que o processo de cadastramento fosse ágil e completo. Essa facilidade fez com que verificasse um aumento significativo de inscrições em todas as áreas.

Júri dos Especialistas

Logo depois do encerramento das inscrições, a Comissão enviou os trabalhos para cinco grupos de especialistas que puderam analisar, com calma, todo o material enviado. quatro universidades e um grupo da Rede Católica de Rádio  (RCR) se ocuparam dessa fase de análise das candidaturas. Professores de Cinema da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio) cuidaram dos inscritos do “Margarida de Prata”. A mesma tarefa de análise foi realizada pelos professores da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) com os trabalhos de reportagem e de documentários de Televisão, do prêmio “Clara de Assis”. A Universidade Católica de Salvador (UCSal) analisou os trabalhos de internet do prêmio “Dom Luciano Mendes de Almeida” e os trabalhos de Imprensa, do prêmio que faz homenagem a dom Helder Câmara foram analisados por professores da Universidade Católica de Brasília (UCB). Os trabalhos de Rádio ficaram sob a responsabilidade da análise dos profissionais da RCR. A seleção feita por todos foram encaminhadas aos bispos.

Júri dos Bispos

No final do processo, os bispos escolhem os ganhadores de todas as categorias que serão conhecidos na noite de entrega dos prêmios no dia 20 de julho de 2018, nos estúdios da TV Aparecida, em Aparecida (SP), durante o 6º Encontro Nacional da Pascom.

Menções Honrosas

Neste ano, a Comissão faz uma experiência autorizada pelo Conselho de Pastoral da CNBB, o Consep, na qual as cinco Menções Honrosas serão concedidas a um dos finalistas que ganharem a simpatia dos internautas por meio de uma votação simbolizada pelas reações a um webcard de cada categoria que partirá de uma fanpage do Facebook. Serão também contabilizados como reações (votos) aquelas feitas no Instagram. A experiência será lançada na sexta-feira, 15 de junho, no site oficial da CNBB e funcionará a partir das 15hs e terminará no dia 30 de junho, as 23h59.

 

Fonte: CNBB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze − 8 =