Círio de Nazaré reúne cerca de 2 milhões de fiéis pelas ruas de Belém

Em sua 227ª edição, o Círio de Nazaré reuniu cerca de 2 milhões de fiéis pelas ruas de Belém(PA), em uma das maiores manifestações católicas do mundo, no domingo, 13 de outubro.

A procissão durou aproximadamente quatro horas e meio, tendo percorrido 3,7 quilômetros, entre a Catedral da Sé e a Basílica Santuário, onde chegou por volta das 11h29.

Veja alguns momentos da grande procissão deste domingo.Uma multidão de fiéis toma conta das ruas de Belém para…

Publicado por Círio de Nazaré em Domingo, 13 de outubro de 2019

O Círio é celebrado todo segundo domingo de outubro, em honra à Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará e chamada também “Rainha da Amazônia”. Neste ano, teve como tema “Maria, Mãe da Igreja”.

Antes do início da procissão, às 5h30, o Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello, presidiu a Missa, convidado pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, o qual não pôde participar do Círio neste ano, pois está em Roma, participando do Sínodo da Amazônia, que acontece até 27 de outubro.

Em sua homilia, Dom Giovanni D’Aniello ressaltou que o Círio “é um momento de graça”, no qual os fiéis experimentam “a presença de Deus através de sua Mãe” e também “os permite viver juntos, caminhar juntos, estar juntos ao redor do que e mais importante em nossa vida, que é Cristo”.

“Maria caminha conosco, quer compartilhar as alegrias, os sofrimentos, as esperanças”, afirmou o Núncio, acrescentado que Nossa Senhora “é a Mãe do amor, é a Mãe de todos os que querem amar a Deus apesar de todos os limites, de todas as dificuldades”.

Nesse sentido, assinalou que “cada um de nós, hoje aqui presentes, quer manifestar este amor que temos por Maria e, nela e através dela, o amor que temos por Deus”.

“E, sabemos bem, não é suficiente somente uma romaria, mas essa romaria tem que ser todos os dias. Temos que exercitar o nosso amor todos os dias, porque Deus quer de nós que demos de volta aquele amor que Ele tem para conosco”, expressou.

Assim, continuou o Núncio, “hoje, nesta procissão que começamos, temos que assegurar a Deus que nossa vida vai ser conforme, o máximo possível, à vida de Maria, na simplicidade, na humildade, na oração. Queremos amar a Deus e amar a Deus no próximo, sobretudo naquelas pessoas que mais precisam de nós”.

A Berlinda que leva a imagem de Nossa Senhora na reta final da Presidente Vargas.A Fé toma conta de todos os lugares. Impossível controlar a emoção,Foto: Matheus Freire#Círio2019

Publicado por Círio de Nazaré em Domingo, 13 de outubro de 2019

Logo após a Missa, teve início a procissão e, ao longo de todo o percurso, fiéis seguiram a berlinda com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, que é puxada pela corda de 400 metros, disputada por devotos buscam pagar sua promessas, agradecer e render homenagens à Virgem.

Muitos devotos para agradecer por graças alcançadas, carregavam sobre a cabeça objetos que representavam tal graça, como uma casa, livros. Outros, por sua vez, realizaram todo o percurso de joelhos, amparados por familiares, amigos e voluntários.

Pelo caminho, Nossa Senhora recebeu homenagens de famílias, instituições, foi saudada com chuvas de papeis picados, fogos, canções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

seis + dezenove =